Esta é a página virtual do Jornal Partilhando, o informativo da Paróquia de Santo Antônio - Santo Antônio do Monte, MG

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Projeto Formamos a Igreja Viva

Autor: Sem. Marcos Tiago da Silva

Estimados paroquianos de Santo Antônio do Monte, neste ano celebramos os 90 anos de criação de nossa querida diocese de Luz. É o Povo de Deus em festa, pois ao celebrar esse jubileu, somos chamados a agradecer a Deus por inúmeras pessoas que por aqui passaram e que foram capazes de fazer de suas vidas um dom - um instrumento - a serviço do Reino de Deus. E também a reconhecer que ainda há muito que fazer e que todos nós somos membros do corpo de Cristo, que é a Igreja e, por isso mesmo, somos co-responsáveis pela missão de implantar a Boa Nova no mundo.

É na certeza e confiança de estarmos caminhando e trabalhando sempre mais para a construção de uma Igreja que “forma o Povo de Deus, renova a comunidade e transforma a sociedade”, que iniciamos mais uma etapa do nosso Projeto Diocesano de Pastoral: “Formamos a Igreja Viva”.

Neste quarto ano do nosso Projeto, vamos refletir sobre a SOCIEDADE, mas antes de iniciarmos esse tema, queremos olhar um pouco para trás e reconhecer o caminho já percorrido nos últimos três anos, após a II Assembléia Diocesana de Pastoral.

No primeiro ano (2006), buscamos aprofundar a reflexão acerca da pessoa humana em sua totalidade, trabalhando em três momentos de formação os seguintes temas: afetividade, ética e espiritualidade, mostrando assim, que deve haver uma constante harmonia entre todas essas dimensões, procurando sempre uma boa integração naquilo que somos. Dessa forma, fomos conduzidos a tomar consciência de que somos seres de relações, que existimos com o outro, com a natureza e com de Deus.

No ano seguinte (2007), nossa reflexão se estendeu ainda mais; nos dedicamos ao tema da comunidade, levando em consideração que, na condição de pessoas, filhos e filhas amados e amadas de Deus, somos chamados a viver em comunhão, tendo sempre em mente o modelo deixado pelas primeiras comunidades cristãs, onde a fraternidade e o amor constrói a unidade.

Abrindo ainda mais o nosso campo de reflexão e ação, neste quarto ano do projeto (2008), vamos refletir sobre a sociedade em três momentos de formação e espiritualidade. No primeiro dia de formação, que aconteceu no dia 29 de março em âmbito paroquial, contamos com a presença de setenta e sete membros de nossas comunidades. O eixo central de nossa reflexão foi a questão do “Olhar Cristão para a Sociedade”.

Auxiliados pelos membros da comunidade que participaram do dia de formação em âmbito forâneo e, também pelos nossos padres, buscamos perceber como deve ser o nosso olhar de cristãos para a sociedade na qual estamos inseridos.

Após realizar uma “radiografia” da sociedade, destacando assim, os pontos positivos e os desafios a serem melhor trabalhados, chegamos à conclusão de que o nosso olhar cristão não pode ser “romântico” (pensar que tudo está bom), nem “pessimista” (pensar que tudo está perdido), mas devemos ter sim um olhar de esperança, que seja capaz de ir além daquilo que nos é apresentado, um olhar que nos leve a ser “profetas da esperança, da com-paixão e do amor”.

Outra dimensão do olhar cristão para a sociedade que também foi refletida e se torna muito importante para nós, principalmente neste ano de eleições municipais, é a necessidade de cultivarmos um olhar “compromissado”, que nos faça sentir responsáveis pelo rumo que nossa sociedade está tomando ou deixando de tomar. Pois, como dizia o Papa Paulo VI: “Um gesto de caridade acaba com a fome de uns poucos, mas uma boa política pode acabar com a fome do mundo”. Portanto, devemos ter claro que o discípulo-missionário de Jesus, deve testemunhá-Lo em todo e qualquer lugar onde quer que se encontre.

Fica para nós um convite: tomar conhecimento e participar das comemorações dos 90 anos de nossa Diocese, buscar refletir nas comunidades, pastorais e movimentos os temas e materiais propostos pelo nosso projeto de pastoral, procurando assim, reconhecer a importância do testemunho cristão para a transformação de nossa sociedade. Sem perder de vista que as grandes mudanças só começarão com a nossa significativa contribuição e testemunho de fé, esperança e caridade.


Nenhum comentário:

Snap Shots

Get Free Shots from Snap.com